Tradução Juramentada 17 de Fevereiro de 2020

Como se tornar um Tradutor Juramentado

Muitas pessoas se perguntam quais são os passos para atuar nesta área. Vamos te passar algumas dicas de como investir nesta carreira e se tornar um Tradutor Juramentado.

Se você procura uma boa opção de trabalho autônomo, com oportunidades em um mercado de trabalho em expansão e um bom retorno financeiro, invista neste segmento. 

Você tem que ser detalhista, gostar de ler e escrever, dominar muitos assuntos, ter um ótimo vocabulário e uma boa base de conhecimentos gerais para exercer esta função.

Como se tornar um Tradutor Juramentado?

Para seguir a carreira de Tradutor Público e Intérprete Comercial, ou comumente chamado Tradutor Juramentado, é necessário prestar um concurso público que acontece periodicamente e é realizado pela Junta Comercial do Estado onde você reside.

A profissão de Tradutor Juramentado não é regulamentada, ou seja, os candidatos não precisam ter ensino superior para atuar neste segmento. Porém existem alguns cursos específicos de graduação, especialização, extensão e pós-graduação que podem fazer bastante diferença na busca por uma boa vaga, já que você vai aprender a técnica e a teoria da interpretação e da tradução.

Você também pode participar de alguns cursos livres que preparam os profissionais para esta finalidade.

Note-se que o exercício desta profissão é mediante concurso público, nomeação e matrícula na Junta Comercial do Estado. As provas são bem difíceis, portanto exigem bastante preparo dos candidatos.

A Junta Comercial do Estado da Bahia (JUCEB) pretende abrir, ainda este ano, o edital para o concurso de Tradutor Juramentado. Caso tenha interesse, entre em contato com a gente através do e-mail dtradutora@gmail.com e, assim que abrir o concurso, poderemos te passar maiores informações!

Para fazer a inscrição é necessário atender a alguns critérios e apresentar os seguintes documentos:

  1. Ser brasileiro e ter 21 anos completos;
  2. Não ser empresário falido e não reabilitado;
  3. Não ter sido condenado por crime cuja pena importe em demissão de cargo público ou inabilitação para exercê-lo;
  4. Não ter sido anteriormente destituído do ofício de Tradutor Público e Intérprete Comercial;
  5. Estar quite com o serviço militar e eleitoral;
  6. Apresentar documento de identidade.

A seleção é feita por meio de duas provas:

Prova Escrita: Nesta prova é exigida a tradução de um documento com cerca de trinta linhas, do idioma estrangeiro para o português e outra prova de versão, de um texto literário do português para o idioma estrangeiro. Normalmente são documentos oficiais como procurações, cartas rogatórias, passaportes, testamentos e certificados.

Prova Oral: Esta prova constitui em leitura, tradução e versão de textos em idioma estrangeiro. O candidato deve demonstrar aptidão necessária do idioma.

Como o Tradutor Juramentado é remunerado?

Embora o tradutor seja concursado ele não é um servidor público, ou seja, não é remunerado pelo Estado.

O profissional pode atuar contratado por alguma empresa de tradução, como autônomo ou como tradutor profissional. Já a remuneração varia muito de acordo com a carreira escolhida, idioma com o qual trabalha e sua especialidade.

Normalmente uma tradução livre é mais barata que a tradução juramentada.

O Tradutor Juramentado oferece seus serviços diretamente aos clientes e o valor cobrado é tabelado pela Junta Comercial do Estado, de acordo com o tipo e tamanho de cada documento. 

A remuneração é estabelecida conforme a quantidade de laudas dos documentos. Lembre-se que uma lauda não é uma página e sim 1000 caracteres sem espaço.

Há uma variação nos valores das traduções e das versões juramentadas. Elas estão segmentadas por dois tipos:

  • As comuns são aquelas sem terminologia técnica ou de alguma área específica. Dentre elas estão os documentos pessoais como CPF (Cadastro de Pessoa Física), RG (Registro Geral), CNH (Carteira Nacional de Habilitação), passaportes e certidões (nascimento, casamento ou óbito).
  • As especiais são aquelas com termos técnicos de uma determinada área, documentos escolares, documentos jurídicos e científicos.

O que faz um Tradutor Juramentado?

No Brasil, o  Decreto 13.609 de 1943 estabelece que nenhum documento redigido em língua estrangeira tem efeito em repartições da União, dos estados ou dos municípios, ou em entidades mantidas, fiscalizadas ou orientadas pelo poder público. Para estes documentos terem validade, devem ser traduzidos para o português por profissional especializado e reconhecido.

Existem diferentes tipos de traduções: Tradução Livre, Técnica, Certificada, Juramentada e Interpretação.

O Tradutor Público e Intérprete Comercial é um profissional que tem fé pública, é concursado e matriculado na Junta Comercial do Estado e está apto a traduzir e verter documentos oficiais que precisam ter validade legal no território nacional, ou em vernáculo, que são os documentos que precisam ter validade no exterior.

 Os documentos mais comuns de serem traduzidos são:

  • RG (Registro Geral)
  • CPF (Cadastro de Pessoa Física);
  • Passaportes;
  • Certidões de Nascimento, Casamento e Óbito;
  • Carteira de motorista;
  • Antecedentes criminais;
  • Atas, procurações, peças de processos judiciais, sentenças, testamentos, petições judiciais e cartas rogatórias;
  • Contratos comerciais;
  • Documentos de embarcações estrangeiras;
  • Certificados de origem;

 Documentos escolares, como certificados de Ensino Fundamental e do Ensino Médio, ementas escolares, diplomas e certificados universitários e históricos escolares;

  • Currículos;
  • Laudos técnicos;
  • Manuais.

Apenas o Tradutor Juramentado está habilitado a fazer estas traduções que refletem fielmente o conteúdo dos documentos frente e verso, em idioma estrangeiro para o português e versões, que são do vernáculo para o idioma estrangeiro.

De outra forma, os documentos não serão aceitos pelas autoridades ou órgãos públicos a que se destinam.

Como é o trabalho de um tradutor juramentado?

Este profissional deve ter um vocabulário bem eclético, pois normalmente o documento que precisa ser traduzido e vertido tem um conteúdo bem variado. 

É necessário fazer bastante pesquisa das expressões, termos técnicos e ter um bom vocabulário jurídico, pois existem muitos jargões que ficam totalmente sem sentido se forem traduzidos ao pé da letra.

A tradução juramentada tem legitimidade em todo o território nacional e é válida enquanto o documento original estiver vigente.

Comentários para este post
Entre em contato Agora mesmo!

Tradução juramentada de documentos em inglês, espanhol, francês, italiano, alemão, polonês e outros.

Entre em contato e faça seu orçamento com frete grátis.

Orçamento